Remo Brasil

SITE OFICIAL DA CONFEDERAÇÃO
BRASILEIRA DE REMO

Protocolo de Retomada das Atividades

4. Zonas de Risco

Dentro de um clube de remo, alguns pontos apresentam maior risco de contaminação. Listamos abaixo quais são esses pontos e os cuidados específicos que devem ser tomados. Recomendamos que estas regras seja fixadas na entrada de cada ambiente.

Atleta se prepara para utilizar o remoergômetro com garrafa e toalha individuais


4.1 Vestiários

a) O clube deve verificar antes de cada treino se os vestiários estão limpos, se todas as torneiras estão em funcionamento e se há sabão disponível;

b) Os vestiários devem ser utilizados individualmente, ou pelo menor número de atletas possível, e apenas para troca de roupa ou uso dos sanitários;

c) Os atletas devem trazer toalhas e roupas limpas de casa em uma mochila;

d) O clube deve disponibilizar armários individuais ou local para armazenar os pertences de cada atleta sem que haja contato entre eles.




4.2 Barcos e Remos

a) Quando a prática de esportes for autorizada pelo governo, será primeiramente permitido o treino em barcos Single Skiff (1x). Barcos coletivos somente poderão ser utilizados após a entrada na segunda fase de relaxamento do isolamento social ou após a liberação de esportes coletivos de contato pelos órgãos de saúde municipais e estaduais;

b) Os equipamentos devem ser higienizados após cada treino com água e sabão pelo próprio atleta que os utilizou;

c) Na água, deve-se manter no mínimo a 10m de distância de outros barcos;

d) Os técnicos devem utilizar luvas para fazer a regulagem dos barcos;

e) É permitido aos atletas retirar a máscara durante os treinos na água.




4.3 Remoergômetro

a) Organizar os aparelhos para que fiquem com 2m de distância entre eles;

b) Limitar o número de pessoas que podem treinar ao mesmo tempo;

c) Após o uso do equipamento, o atleta que utilizou deve fazer a higienização da manopla, carrinhos, assento, tela e trilhos. O piso também deve ser limpo em caso de suor excessivo;

d) Manter o ambiente ventilado durante e após os treinos.



 

4.4 Área de Musculação

a) Organizar os aparelhos para que fiquem com 2m de distância entre eles;

b) Após o uso do equipamento ou pesos livres, o atleta deve fazer a higienização completa. O piso também deve ser limpo em caso de suor excessivo;

c) O uso deve ser exclusivo pelos atletas do clube, com cronograma de horários delimitado e número máximo de atletas em cada turno;

d) Colchonete e bancos também precisam ser higienizados após o uso;

e) Manter o ambiente ventilado durante e após os treinos.



 

4.5 Pontos de Hidratação e Alimentação

a) Os bebedouros devem ser interditados;

b) Todos devem trazer sua própria garrafa de água e não compartilhar;

c) Trazer lanches e repositores de casa e não compartilhar;

d) Na primeira fase de retorno, não recomenda-se alimentação no clube.

PATROCINADORES

Secretaria Especial do Esporte - Ministério da CidadaniaLei de Incentivo ao Esporte


PARCEIROS DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE REMO

Conforpés


APOIADORES DO REMO BRASILEIRO

Comitê Brasileiro de ClubesWorld CenterNutrigenikDietpro

CONFEDERAÇÃO FILIADA

Comitê Olímpico do BrasilComitê Paralímpico BrasileiroFISAWorld Rowing

Redes Sociais

Facebook - Confederação Brasileira de RemoConfederação Brasileira de Remo - InstagramConfederação Brasileira de Remo - TwitterYou TubeIssuu - Confederação Brasileira de RemoLinkedIn

Conf. Brasileira de Remo

SEDE RIO DE JANEIRO
Avenida Graça Aranha, 145, Sala 709
Centro, Rio de Janeiro, RJ – 20030-003
Telefone: (21) 2294-3342
Telefone: (21) 2294-0225
Celular: (21) 99198-2986  WhatsApp
Segunda a sexta, das 9h às 18h

ESCRITÓRIO FLORIANÓPOLIS
Rua Patrício Farias, 55, Sala 610
Itacorubi – Florianópolis, SC
CEP 88034-132
Telefone: (48) 3206-9128
Celular: (21) 99118-4620
Segunda a sexta, das 9h às 18h