CBR - Confederação Brasileira de Remo

 

Remo Internacional

Remadores brasileiros nas Finais A da Paralimpíada Rio 2016

As provas de remo adaptado dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, realizadas entre os dias 9 e 11 de setembro, na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, contaram com a presença de quatro atletas brasileiros. Os três barcos formados pelos remadores disputaram no domingo a final de suas respectivas categorias: Cláudia Santos brigou por uma medalha na Final A do Single Skiff AS Feminino, Renê Pereira na Final A do Single Skiff AS Masculino, e a dupla Josiane Lima e Michel Pessanha chegou até a Final B do Double Skiff TA Misto.

Paralimpíadas Rio 2016, Confederação Brasileira de Remo
A remadora Cláudia Santos fez sua estreia na Rio 2016 com a segunda colocação na Bateria 2 das Eliminatórias, qualificando-se para a Repescagem. A brasileira fez o quarto melhor tempo entre os 12 barcos participantes das bateriais iniciais. Na Repescagem, Cláudia garantiu seu lugar na disputa por medalhas com a segunda colocação, e na Final A, terminou a prova em sexto lugar. A Rio 2016 é a terceira paralimpíada de Cláudia, que já conquistou um sexto lugar em Pequim 2008, e um quarto lugar em Londres 2012.

• Confira os resultados oficiais das provas de Remo Paralímpico >>
• Reveja os melhores momentos das Paralimpíadas em nossa galeria >>

Renê Pereira iniciou nas Paralimpíadas Rio 2016 com a quarta colocação na Bateria 1 das Eliminatórias do Single Skiff Masculino AS e qualificou-se para a prova de Repescagem. O remador brasileiro garantiu a segunda colocação na Repescagem e conquistou uma vaga na disputa por medalhas. Renê terminou a Final A em sexto lugar, encerrando sua participação nos Jogos Paralímpicos Rio 2016 com o sexto melhor tempo da categoria. Esta foi a primeira participação de Renê em uma paralimpíada.

Jogos Paralímpicos Rio 2016, Confederação Brasileira de Remo
A dupla Josiane Lima e Michel Pessanha ficou com a terceira colocação em sua primeira prova nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, a Bateria 1 das Eliminatórias. Na Repescagem, os atletas ficaram com a terceira posição. A disputa foi acirrada, o barco da Ucrânia ficou com a segunda posição por apenas 0.10 segundos de diferença. Com este resultado, os brasileiros qualificaram-se para a Final B, onde conquistaram o primeiro lugar, finalizando a Rio 2016 com a sétima colocação no ranking da categoria.

Jogos Paralímpicos Rio 2016, Confederação Brasileira de Remo
Crédito das fotos: Márcio Rodrigues/MPIX/CPB

PATROCINADORES

Secretaria Especial do Esporte - Ministério da CidadaniaLei de Incentivo ao Esporte


PARCEIROS DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE REMO

MormaiiConforpés


APOIADORES DO REMO BRASILEIRO

Comitê Brasileiro de ClubesWorld CenterNutrigenikDietpro

CONFEDERAÇÃO FILIADA

Comitê Olímpico do BrasilComitê Paralímpico BrasileiroFISAWorld Rowing

Redes Sociais

Facebook - Confederação Brasileira de RemoConfederação Brasileira de Remo - InstagramConfederação Brasileira de Remo - TwitterYou TubeIssuu - Confederação Brasileira de RemoLinkedIn

Conf. Brasileira de Remo

SEDE RIO DE JANEIRO
Avenida Graça Aranha, 145, Sala 709
Centro, Rio de Janeiro, RJ – 20030-003
Telefone: (21) 2294-3342
Telefone: (21) 2294-0225
Celular: (21) 99198-2986  WhatsApp
Segunda a sexta, das 9h às 18h

ESCRITÓRIO FLORIANÓPOLIS
Rua Patrício Farias, 55, Sala 610
Itacorubi – Florianópolis, SC
CEP 88034-132
Telefone: (48) 3206-9128
Celular: (21) 99118-4620
Segunda a sexta, das 9h às 18h