CBR - Confederação Brasileira de Remo

 

Remo Internacional

Brasil é bicampeão de para-remo no Mundial de Remo Sênior 2018

Mais uma conquista inédita para o remo brasileiro em 2018: a dupla Diana Barcelos e Jairo Klug é bicampeã na categoria Double Skiff Misto PR3 (PR3 Mix2x). Os brasileiros repetiram o resultado de 2017 e conquistaram novamente a medalha de ouro no Mundial de Remo Sênior 2018. O evento foi realizado em Plovdiv, na Bulgária, entre 06 e 09 de setembro.

Jairo Klug e Diana Barcelos (centro), ao lado das duplas da Áustria (esquerda) e Rússia (direita), sobe ao pódio para receber a medalha de ouro (Crédito: Detlev Seyb/FISA)
Jairo Klug e Diana Barcelos (centro), ao lado das duplas da Áustria (esquerda) e Rússia (direita), sobe ao pódio para receber a medalha de ouro (Crédito: Detlev Seyb/FISA)

A categoria Double Skiff Misto PR3 possuía cinco barcos inscritos, por isso houve apenas uma prova de exibição antes da Final A. Diana e Jairo fizeram o melhor tempo na prova de exibição e repetiram o resultado na prova classificatória, conquistando a medalha de ouro com 12 segundos de vantagem em relação ao barco da Áustria, segundo colocado.

• Assista aos vídeos das principais provas finais no site da World Rowing >>
• Acesse os resultados oficiais do Mundial de Remo Sênior 2018 >>

Em entrevista para o site da World Rowing após a vitória, Jairo dedicou a conquista a seu pai: “Foi um ano difícil, nós dois tivemos lesões. E eu perdi meu pai quatro dias antes da viagem para Plovdiv, então este resultado foi muito especial. Eu dedico esta medalha para ele.” Diana usou suas redes sociais para agradecer ao colega de dupla, ao seu treinador e a sua família pelo apoio. Esta foi a segunda participação da remadora em um mundial de remo.

Equipe paralímpica, da esquerda para direita: Frederic Mallrich, Josiane Lima, Guilherme Soares, Michel Pessanha, Renê Campos (sentado), Rafael Jacob, Jairo Klug e Diana Barcelos
Equipe paralímpica, da esquerda para direita: Frederic Mallrich, Josiane Lima, Guilherme Soares, Michel Pessanha, Renê Campos (sentado), Rafael Jacob, Jairo Klug e Diana Barcelos

Ao todo, oito atletas foram convocados para o Mundial de Remo Sênior 2018. A dupla Josiane Lima e Michel Pessanha conquistou a 4ª posição na Final A do Double Skiff Misto PR2 (PR2 Mix2x). Os brasileiros mantiveram-se em segundo lugar até os 1000 metros, mas os barcos da Polônia e Ucrânia recuperaram velocidade e conseguiram ultrapassá-los.

ATLETASPROVASRESULTADOTEMPORANK
Diana Barcelos
e Jairo Klug
PR3 Mix2x 1º Lugar Final A 07:30.82 01
Josiane Lima
e Michel Pessanha
PR2 Mix2x 4º Lugar Final A 08:37.99 04
Josiane Lima PR2 W1x 5º Lugar Final A 10:45.18 05
Michel Pessanha PR2 M1x 5º Lugar Final A 09:04.34 05
Renê Campos PR1 M1x 5º Lugar Final A 09:50.81 05
Willian Giaretton
e Xavier Vela Maggi
M2- 5º Lugar Final C 06:31.61 17
Milena Viana W1x 1º Lugar Final D 07:50.51 19
Ambos os atletas também competiram no Single Skiff da categoria PR2. Josiane ficou com o 5º lugar no Single Skiff Feminino PR2 (PR2 W1x) e Michel com o 5º lugar no Single Skiff Masculino PR2 (PR2 M1x). O remador Renê Campos disputou a Final A do Single Skiff Masculino PR1 (PR1 M1x) e também ficou com a quinta colocação da categoria. 

Na equipe olímpica, dois barcos disputaram provas. A dupla Willian Giaretton e Xavier Vela Maggi ficou com o 5º lugar na Final C do Dois Sem Masculino (M2-), 17º lugar geral no ranking da categoria. A remadora Milena Viana terminou na 1ª posição da Final D no Single Skiff Feminino (W1x), 20ª colocada no ranking da categoria.

Xavier Vela Maggi e Willian Giaretton disputaram a prova Dois Sem Masculino (M2-)
Xavier Vela Maggi e Willian Giaretton disputaram a prova Dois Sem Masculino (M2-)

Os atletas da equipe olímpica viajaram no dia 04/09 acompanhados pelo Coordenador Técnico da CBR, Marcelo Varriale. A equipe paralímpica saiu do Brasil no dia 06/09, junto da comissão técnica formada pelos treinadores Guilherme Soares, Fredéric Mallrich e pelo fisioterapeuta Rafael Jacob. Inicialmente, os atletas Lucas Verthein e Uncas Tales Batista também estavam inscritos no Mundial Sênior, porém foram dispensados devido a recomendação médica. Ambos seguem em recuperação para os próximos eventos.

As despesas com passagens aéreas, hospedagem, alimentação, uniformes, aluguel de barcos e seguro foram pagas pela CBR através de recursos da Lei Agnelo/Piva. Os projetos da CBR são auditados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) e pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). A prestação de contas está disponível no link Transparência/Projetos.

Crédito das Imagens: Confederação Brasileira de Remo

Patrocinadores Oficiais

logo-ME-verticalLei de Incentivo ao Esporte

Apoiadores e Parceiros

Hermes Pardini IGM Clínica do Exercício LaborSys Laboratório Santa Casa de Porto Alegre The Shore Floripa

Nutrigenik, Nutrição & Esporte Vista Medicina dos OlhosCésar Martins Cirurgia do Joelho Laboratório Santa Luzia

Comitê Brasileiro de ClubesWorld Center Mormaii Row To Win

Urbnsol
 Dietpro - Soluções em Nutrição e Rotulagem

Confederação Filiada

cob vpc rgb logocomite-olimpico-brasilieiro2FISA

Redes Sociais

Facebook - Confederação Brasileira de RemoConfederação Brasileira de Remo - InstagramConfederação Brasileira de Remo - TwitterYou Tube - Confederação Brasileira de RemoIssuu - Confederação Brasileira de Remo

Conf. Brasileira de Remo

SEDE RIO DE JANEIRO
Avenida Graça Aranha, 145, Sala 709
Centro, Rio de Janeiro, RJ – 20030-003
Telefone: (21) 2294-3342
Celular: (21) 99198-2986  WhatsApp
Segunda a sexta, das 9h às 18h

ESCRITÓRIO FLORIANÓPOLIS
Rua Patrício Farias, 55, Sala 610
Itacorubi – Florianópolis, SC
CEP 88034-132
Telefone: (48) 3206-9128
Celular: (21) 99118-4620
Segunda a sexta, das 9h às 18h