Remo Brasil

SITE OFICIAL DA CONFEDERAÇÃO
BRASILEIRA DE REMO

Remo Internacional

Renê Pereira conquista bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Medalha de bronze para o Brasil no remo! O baiano Renê Pereira disputou a Final A do Single Skiff Masculino PR1 (PR1 M1x) nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e conquistou a 3ª posição. A prova aconteceu na manhã de domingo, 29/08 (noite de sábado no Brasil). Renê se tornou o primeiro medalhista individual masculino do remo em Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Renê Pereira comemorando a medalha de bronze na Sea Forest Waterway
Renê Pereira comemorando a medalha de bronze na Sea Forest Waterway

Esta é a segunda medalha do Brasil no remo em Jogos Paralímpicos. A primeira foi conquistada por Josiane Lima e Elton Santana, que levaram o bronze no Double Skiff PR2 em Pequim 2008. Renê cumpriu a promessa que havia feito ainda em junho na entrevista ao Remo Brasil: "Cansei de ser o quinto melhor do mundo, agora eu quero é ser medalhista!"

A disputa masculina do Single Skiff PR1 foi acirrada! Renê estava na 4ª posição na primeira parte da prova, menos de um segundo atrás do australiano Eric Horrie. Após os 1000m, Horrie conseguiu se distanciar, deixando a briga pelo bronze entre o brasileiro e o espanhol Javier Munoz. Na linha de chegada, nosso atleta foi mais rápido e garantiu a 3ª posição.

• Reveja a entrega das medalhas no YouTube oficial dos Jogos Paralímpicos »
• Renê Campos: "Cansei de ser o quinto, eu quero ser medalhista!" »


O Brasil disputou, ao todo, quatro provas no último dia do remo nos Jogos Paralímpico de Tóquio. A primeira prova foi o Double Skiff Misto PR2, com Josiane Lima e Michel Pessanha. A dupla brasileira disputou a Final B e ficou com a 2ª colocação (8º lugar geral da categoria).

A prova iniciou com quatro barcos brigando pela liderança. Nos 500m, nossa dupla cruzou na 2ª colocação, apenas 1.01s atrás do barco australiano. Ao longo da prova, a distância aumentou, mas os brasileiros conseguiram manter a posição e encerrar com o 2º lugar.

Renê Pereira durante a transmissão da Cerimônia de Premiação em Tóquio
Renê Pereira durante a transmissão da Cerimônia de Premiação em Tóquio

Na Final B do Quatro Com Misto PR3, o barco formado por Ana Paula Souza, Diana Barcelos, Valdeni Junior, Jairo Klug e Jucelino Silva, ficou com a 4ª colocação (10º lugar geral da categoria). O barco brasileiro iniciou na liderança da prova, mas nos 1000m o barco russo passou a frente. Nossa equipe não conseguiu manter a posição, encerrando com o 4º lugar.

Na prova individual feminina, a brasileira Claudia Santos competiu na Final A do Single Skiff PR1. Nossa atleta ficou com a 6ª colocação. O Brasil participou destes Jogos Paralímpicos com barcos nas quatro categorias do remo. Junto com Estados Unidos e Ucrânia, apenas três países conseguiram classificar todos os barcos nas provas paralímpicas.

Crédito das Imagens: Reprodução/Paralympics

PATROCINADORES

Secretaria Especial do Esporte - Ministério da CidadaniaLei de Incentivo ao Esporte

APOIADORES DO REMO BRASILEIRO

Comitê Brasileiro de ClubesNutrigenikDietpro Rio CVB

FORNECEDORES OFICIAIS 

Swift Racing

CONFEDERAÇÃO FILIADA

Comitê Olímpico do BrasilComitê Paralímpico BrasileiroWorld Rowing Autoridade Brasileira de Controle de DopagemComitê Brasileiro de Clubes

Redes Sociais

Facebook - Confederação Brasileira de RemoConfederação Brasileira de Remo - InstagramConfederação Brasileira de Remo - TwitterYou TubeIssuu - Confederação Brasileira de RemoLinkedIn

Conf. Brasileira de Remo

SEDE RIO DE JANEIRO
Avenida Graça Aranha, 145, Sala 709
Centro, Rio de Janeiro, RJ – 20030-003
Telefone: (21) 2294-3342
Telefone: (21) 2294-0225
Celular: (21) 99198-2986  WhatsApp
Segunda a sexta, das 9h às 18h

ESCRITÓRIO FLORIANÓPOLIS
Rua Patrício Farias, 55, Sala 610
Itacorubi – Florianópolis, SC
CEP 88034-132
Telefone: (48) 3206-9128
Celular: (21) 99118-4620
Segunda a sexta, das 9h às 18h