CBR - Confederação Brasileira de Remo

 

Remo Internacional

Rio 2016 procura até 600 voluntários para provas de remo

A organização da Rio 2016 está em busca de até 600 voluntários com conhecimento específico sobre remo para participar dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos no Rio de Janeiro. O processo de inscrição no programa de voluntários acontecerá em agosto e setembro deste ano e todos os candidatos com conhecimento específico do Remo serão identificados através de um código que será divulgado ainda no primeiro semestre.

“Queremos pessoas com conhecimento sobre procedimentos e operação de competições”, explica a sul-africana Colleen Orsmond, Líder de Competição de Remo da Rio 2016, responsável pela organização das provas da modalidade. “Podem ser atletas, ex-atletas, árbitros, técnicos, parentes de atletas e pessoal administrativo. Algumas posições precisam uma qualificação ou certificação específica como, por exemplo, os pilotos de barcos, que precisarão ter carteira de habilitação”, esclarece.

Ao todo, a Rio 2016 espera contar com 70.000 voluntários nas duas competições, sendo 7.000 Voluntários Específicos do Esporte (SSV na sigla em inglês), dos quais 300 nas provas de remo de cada evento. Os candidatos podem se inscrever apenas nos Jogos Olímpicos, só nos Paralímpicos, ou em ambos.  É necessário ter no mínimo 18 anos em 2016, Ensino Fundamental completo e disponibilidade para participar do processo de seleção e treinamento e para trabalhar pelo menos 10 dias, consecutivos ou não, no período dos Jogos.

Os SSV atuarão nos locais de competição, o que não significa que assistirão às provas. “É esperada uma atitude profissional dos voluntários”, destaca o documento que explica o programa. Não será permitido, por exemplo, pedir autógrafos, fotos, brindes “ou qualquer outra ação que interfira na concentração e privacidade dos atletas antes ou depois da competição”, sendo “expressamente proibido qualquer tipo de ação comercial durante sua atuação como voluntário”.

Nas provas de remo, os voluntários específicos trabalharão nas áreas de treinamento e aquecimento, no suporte a atletas, oficiais técnicos e federações internacionais. Entre as funções necessárias estão a distribuição de gelo e toalhas, seguradores de barcos na largada, controladores de acesso a todas as áreas do atleta, pilotos de barco, aluguel de bicicletas, entre outras. Cada voluntário terá direito a transporte público na cidade do Rio, alimentação nas instalações onde estiver alocado, uniforme completo, curso de inglês online, treinamento e certificado de participação.

O treinamento será feito em grande parte à distância, o que requer dos candidatos acesso à internet, com algumas sessões presenciais. Todos deverão participar também do Campeonato Mundial Júnior de Remo, de 2 a 11 de agosto de 2015, que servirá de evento-teste da modalidade. A Rio 2016 recomenda que todos os árbitros se inscrevam como voluntários, de modo a garantir sua participação nos Jogos, já que a listagem final dos convocados só sairá em 2016.

Programa de Voluntários Rio 2016

PATROCINADORES

Secretaria Especial do Esporte - Ministério da CidadaniaLei de Incentivo ao Esporte


PARCEIROS DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE REMO

Conforpés


APOIADORES DO REMO BRASILEIRO

Comitê Brasileiro de ClubesWorld CenterNutrigenikDietpro

CONFEDERAÇÃO FILIADA

Comitê Olímpico do BrasilComitê Paralímpico BrasileiroFISAWorld Rowing

Redes Sociais

Facebook - Confederação Brasileira de RemoConfederação Brasileira de Remo - InstagramConfederação Brasileira de Remo - TwitterYou TubeIssuu - Confederação Brasileira de RemoLinkedIn

Conf. Brasileira de Remo

SEDE RIO DE JANEIRO
Avenida Graça Aranha, 145, Sala 709
Centro, Rio de Janeiro, RJ – 20030-003
Telefone: (21) 2294-3342
Telefone: (21) 2294-0225
Celular: (21) 99198-2986  WhatsApp
Segunda a sexta, das 9h às 18h

ESCRITÓRIO FLORIANÓPOLIS
Rua Patrício Farias, 55, Sala 610
Itacorubi – Florianópolis, SC
CEP 88034-132
Telefone: (48) 3206-9128
Celular: (21) 99118-4620
Segunda a sexta, das 9h às 18h