Remo Brasil

SITE OFICIAL DA CONFEDERAÇÃO
BRASILEIRA DE REMO

Remo Nacional

Você sabe quem organiza o CBI de Remo e Para-Remo?

São seis dias de competição, mais de 300 atletas em disputa no maior campeonato de remo do Brasil. Mas vocês sabe quem organiza os resultados, os voluntários, a arbitragem, o credenciamento, a raia, a equipe de salva-vidas, os seguranças e os funcionários?

Andrew Camillo, da CBR, fazendo ajustes no barco Oito Com para as equipes do evento
Andrew Camillo, da CBR, fazendo ajustes no barco Oito Com para as equipes do evento

Para que todos os atletas tenham condições de colocarem os barcos na água e realizar sua melhor performance durante as provas desse campeonato, tem muito trabalho, suor e amor pelo esporte envolvidos de uma equipe que pouco aparece durante os dias de competição.

A Comissão de Organização do CBI de Remo e Para-Remo começou seus trabalhos de logística, captação de voluntários, credenciamento, contratação de empresas para sonorização, photo finish e sistema de largada, premiação de atletas há mais de um mês.

A Confederação Brasileira de Remo (CBR) conta com apoio do Clube de Regatas do Flamengo, anfitrião do Campeonato, da FRERJ, da Marinha do Brasil, do COB e de 35 voluntários que dedicam os seus dias para realizar essa maratona de provas.

Equipe de arbitragem na Torre de Chegada observa os barcos e confirma os resultados
Equipe de arbitragem na Torre de Chegada observa os barcos e confirma os resultados

"Temos um grupo bem grande envolvido na organização. São pessoas que tem experiência adquirida no Pré-Pan e no Pré-Olímpico e Sul-Americano de Remo, realizados em anos anteriores. Vale destacar que somos capazes de realizar regatas de alto nível no Brasil", comenta Marcello Varriale, Gerente Técnico da CBR.

Para o líder da parte de logística do campeonato, Paulo Henrique Macário de Moraes, mais conhecido por todos como Paulo Negão, o maior desafio foi acertar a raia para o campeonato. "Estar na comissão é um privilégio e um grande desafio. O objetivo é construir uma infraestrutura que possibilite os atletas realizarem suas melhores performance."

Voluntário atuando como segurar de barco, para garantir o alinhamento correto na largada
Voluntário atuando como segurar de barco, para garantir o alinhamento correto na largada

Já para a líder e coordenadora dos voluntários, Ana Lucia Cunha, esse campeonato é a validação de todo o trabalho que foi realizado durante competições em anos anteriores. Ela se sente super gratificada com o trabalho. Para a responsável pelo credenciamento, Alessandra Toscano, trabalhar com remo é sempre um prazer e afirma que em tempos de pandemia, distribuir as credencias é uma tarefa importante pois oferece segurança.

Câmera do photo finish instalada na Torre de Chegada da raia da Lagoa Rodrigo de Freitas
Câmera do photo finish instalada na Torre de Chegada da raia da Lagoa Rodrigo de Freitas

Neste CBI de Remo e Para-Remo, a CBR montou um sistema de largada e chegada com torres de cronometragem. Isso possibilita que os chefes de equipe, de cada clube participante, recebem em seu celular os resultados das provas em tempo real. A arbitragem foi escalada de modo que diversos estados estejam representados no Júri. São 17 árbitros de todo o pais que trabalham para que todos os atletas tenham a mesma condição e igualdade dentro da raia.

Essa competição é a estreia de Luciana Arruda, árbitra FISA desde 2006, como a nova Coordenadora de Arbitragem da CBR. Os árbitros irão trabalhar nas provas de para-remo com os classificadores funcionais, também escalados e credenciados para o evento.

Segurança faz a checagem das credenciais para entrada na área reservada aos competidores
Segurança faz a checagem das credenciais para entrada na área reservada aos competidores

Uma ambulância com UTI foi contratada para estar a disposição dos atletas em caso de emergências e a Marinha do Brasil cedeu as lanchas para os salva-vidas atuarem dentro da água caso que algum remador precise de apoio.

"Este CBI de Remo e Para -Remo é especial porque é a volta da maior competição de remo nacional depois da pandemia e é a primeira vez com igualdade de gênero nas provas do campeonato e um número enorme de remadoras participando. Isso prova, que o remo está se desenvolvendo", conclui Marcello Variale. Quem quiser assistir as provas Finais do CBI de Remo e Para-Remo ao vivo basta se ligar no Canal Olímpico do COB!

Crédito das Imagens: CBR

PATROCINADORES

Secretaria Especial do Esporte - Ministério da CidadaniaLei de Incentivo ao Esporte

APOIADORES DO REMO BRASILEIRO

Comitê Brasileiro de ClubesNutrigenikDietpro Rio CVB

FORNECEDORES OFICIAIS 

Swift Racing

CONFEDERAÇÃO FILIADA

Comitê Olímpico do BrasilComitê Paralímpico BrasileiroWorld Rowing Autoridade Brasileira de Controle de DopagemComitê Brasileiro de Clubes

Redes Sociais

Facebook - Confederação Brasileira de RemoConfederação Brasileira de Remo - InstagramConfederação Brasileira de Remo - TwitterYou TubeIssuu - Confederação Brasileira de RemoLinkedIn

Conf. Brasileira de Remo

SEDE RIO DE JANEIRO
Avenida Graça Aranha, 145, Sala 709
Centro, Rio de Janeiro, RJ – 20030-003
Telefone: (21) 2294-3342
Telefone: (21) 2294-0225
Celular: (21) 99198-2986  WhatsApp
Segunda a sexta, das 9h às 18h

ESCRITÓRIO FLORIANÓPOLIS
Rua Patrício Farias, 55, Sala 610
Itacorubi – Florianópolis, SC
CEP 88034-132
Telefone: (48) 3206-9128
Celular: (21) 99118-4620
Segunda a sexta, das 9h às 18h